Orientações sobre o uso de meia elastica medicinal

01) O que é meia elástica medicinal ?
É um produto terapêutico que exerce compressão em todo membro inferior expressa em mmHg, graduada com uma compressão maior no tornozelo que vai decrescendo no sentido da coxa.

02) Qual a diferença da meia elástica medicinal das meias estéticas comuns ?
A meia elástica medicinal vem com uma compressão de fabrica expressa em mmHg , que vai desde 10 a 50 mmHg na sua maioria. A meia estética não exerce compressão de natureza terapêutica.

03) A meia elástica tipo ¾ ou panturrilha corta a circulação da perna ?
A meia elástica ¾ ou panturrilha é a meia mais prescrita no mundo e o seu uso não corta a circulação , pois ela exerce uma compressão eletronicamente calibrada , diminuindo no sentido tornozelo – coxa.

04) Quanto tempo dura uma meia elástica medicinal ?
Quando o seu uso é de 4 a 6 vezes na semana , sua durabilidade é de 4 a 6 meses.

05) Existe meia elástica medicinal com característica de meia estética ?
Sim , os fabricantes de meia elástica medicinal tem hoje graças a tecnologia, produtos com boa ação terapêutica e com aspecto de meias estéticas.

06) Posso adquirir uma meia elástica medicinal sem prescrição médica ?
Não , a meia elástica deve ser prescrita pelo seu médico.

07) O uso da meia elástica medicinal evita varizes nos membros inferiores ?
Não , a meia elástica é utilizada para tratamento sintomático, diminuindo a dor e o edema (“inchaço”) no membro.

08) Durante a Gravidez é importante o uso da meia elástica ?
Resposta : Sim, a meia elástica durante a gravidez proporciona um conforto para paciente , pois as alterações hormonais e compressão do útero nas veias abdominais piora o quadro das pacientes que tem tendência a desenvolver varizes nos membros inferiores, sendo que a meia diminui o edema e ameniza o quadro de varizes.

09) Quais são as contra-indicações do uso das meias elásticas ?
Infecção, Ulcerações e Eczema na pele dos membros inferiores, Insuficiência cardíaca descompensada, Insuficiência arterial sintomática nos membros inferiores.

10) Como deve ser colocada a meia elástica medicinal ?
A meia deve ser colocada pela manhã ao levantar e retirada ao final do dia, não se deve dormir com a meia elástica.

11) Você tem dificuldade de vestir sua meia elástica !
A meia elástica pelo fato de exercer compressão em toda sua extensão, quando nas primeiras vezes do seu uso o paciente tem muita dificuldade. Alguns fabricantes criaram calçadeiras especiais para facilitar sua colocação. Mas recomenda-se que o paciente esteja com as unhas aparadas, e inicialmente calce o pé e o restante fica facilitado.

12) A partir de qual compressão uma meia é considerada medicinal ?
Em um consenso europeu ficou estabelecido que a partir de 10 mmHg no tornozelo já se considera meia medicinal.

13) Pode dormir com meia elástica ?
Não , a meia elástica medicinal deve ser colocada pela manhã ao levantar-se e retirada ao final do dia ou da jornada de trabalho.

14) Quais os tipos de compressão que existe ? Como são classificadas as meia elásticas ?
Não existe consenso em relação aos fabricantes, mas esta estabelecido que os tipos de meias medicinais são : ¾ , 7/8 , tipo calça e gestante. Os tamanhos mais comuns : pequeno, médio e grande.
E a compressão no tornozelo que decresce até a coxa vai de 10 mmHg a 50-60 mmHg , dependendo da patologia que queira tratar.

15) Como é prescrito uma meia elástica medicinal ?
Vão ser obtidas as medidas de diâmetro, no tornozelo, panturrilha (músculo da perna) e coxa, além da altura da perna e da coxa. Além de estabelecer o tamanho e tipo vai ser escolhida a compressão em mmHg mais adequada para o seu caso.

Fonte: www.meiaelastica.com.br

 

Dr. Walter Jr. Boim de Araujo

Sobre Dr. Walter Jr. Boim de Araujo

CRM: 19850-PR. Graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Residência Médica em Cirurgia Geral pela UEL e em Cirurgia Vascular pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre e Doutorando em Cirurgia pela UFPR. Título de Especialista em Cirurgia Vascular; Ecografia Vascular com Doppler e Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular pela SBACV/CBR/AMB. Membro da Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (SOBRICE) e International Member da Cardiovascular and Interventional Radiological Society of Europe (CIRSE). Médico Assistente do Serviço de Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular do Hospital de Clínicas da UFPR. Preceptor da Residência Médica em Cirurgia Vascular e Endovascular do Hospital Angelina Caron.

2 ideias sobre “Orientações sobre o uso de meia elastica medicinal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *