Orientações com o uso de Anticoagulante Oral – Marevam (warfarina)

Orientações com o uso de Anticoagulante Oral – Marevam (warfarina),
O Marevam (warfarina) é um medicamento anticoagulante, utilizado para tratamento de tromboses  (formação de coagulo dentro dos vasos sanguineos, impedido e dificultanto a circulação na área acometida), portanto ele tem a função de auxiliar o organismo a desfazer o coagulo que foi formado dentro do vaso, o cuidado que se tem que ter é devido ao fato do seu uso também aumentar o risco de sangramento e portanto deve-se ter muito cuidado no seu uso.

01- Em caso de pequenos cortes, comprimir a ferida com pedaço de pano por 10 minutos ininterruptos.

02- Cuidado com traumatismos, pois é grande a possibilidade de evoluir com hematomas, hemorragias graves ou outras complicações.

03- Observar o aparecimento espontâneo de hematomas no corpo, assim como, sinais de DENGUE, sangue nas fezes e/ou urina ou fezes enegrecidas, dores súbitas de cabeça, dores nas costas, escarros ou vômitos com raias de sangue, hemorragia ocular, nasal ou genital. Caso isto ocorra, procurar imediatamente o Pronto Socorro, comunicando o fato e avisar ao médico que você faz uso de anticoagulante.

04- Não utilizar medicamentos sem ordem médica, sempre informando ao médico o uso de anticoagulante.

05-  Lista dos medicamentos que devem ser evitados devido as alterações na ação da warfarina.
05.1- Medicamentos que podem aumentar o risco de sangramento se forem tomados junto com a warfarina:  Esteróides anabólicos (ex.: etilestranol, metandrostenolona, noretrandolona), amiodarona, amitriptilina/nortriptilina, azapropazona, aztreonam, benzafibrato, cefamandol, cloranfenicol, hidrato de coral, cimetidina, ciprofloxacino, clofibrato, cotrimoxazol, danazol, destropropoxifeno, destrotiroxina, dipiridamol, eritromicina, neomicina, feprazona, fluconazol, glucagon, metronidazol, miconazol, oxifenilbutazona, fenformina, fenilbutazona, feniramidol, quinidina, salicilatos, tolbutamida, sulfonamidas (ex.: sulfafenazol, sulfinpirazona), tamoxifeno,triclofos,,diflunisal, flurbiprofeno, indometacina, ácido mefenâmico, piroxicam, sulindaco e, possivelmente, outros analgésicos antiinflamatórios, cetoconazol, ácido nalidíxico, norfloxacino, tetraciclinas e outros antibióticos de largo espectro,alopurinol, dissulfiram, metilfenidato, paracetamol, drogas para tratamento de disfunções da tireóide e qualquer droga potencialmente hepatotóxica. A atividade anticoagulante pode também ser aumentada com grandes quantidades ou ingestão crônica de álcool, particularmente em pacientes com insuficiência hepática

05.2- Medicamentos e alimentos que podem diminuir o efeito da warfarina se forem tomados juntos:
O efeito anticoagulante pode ser diminuído (risco de nova trombose) pela administração de vitamina K, inclusive como constituinte de alguns alimentos, como saladas verdes. A atividade anticoagulante da varfarina pode ser inibida por drogas que induzem as enzimas hepáticas, como: aminoglutetimida, barbiturato, carbamazepina, etclorvinol, glutatimida, griseofulvina, dicloralfenazona, primidona, rifampicina e contraceptivos orais.

06- Tomar o anticoagulante todos os dias sempre no mesmo horário, preferencialmente no final da tarde, sem falhar, conforme orientação e dosagem prescritas na receita médica.

07- Não pare ou modifique a dose do anticoagulante por conta própria.

08- Realizar o controle no consultório de Cirurgia Vascular com o exame de sangue nos intervalos conforme orientado.

09- Evitar comer todos os dias couve, couve-flor, espinafre, nabo, brócolis, folhas verdes, alho, fígado e músculo.

10- Diminuir o consumo de óleo, bacon, queijo, manteiga e chá verde.

11- Evitar comidas que podem sugerir sangramentos como beterraba e chouriço.

12- Qualquer dúvida entre em contato com seu Angiologista/ Cirurgião Vascular – Instituto da Circulação – (041) 3244-5000


Dr. Walter Jr. Boim de Araujo

Sobre Dr. Walter Jr. Boim de Araujo

CRM: 19850-PR. Graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Residência Médica em Cirurgia Geral pela UEL e em Cirurgia Vascular pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre e Doutorando em Cirurgia pela UFPR. Título de Especialista em Cirurgia Vascular; Ecografia Vascular com Doppler e Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular pela SBACV/CBR/AMB. Membro da Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (SOBRICE) e International Member da Cardiovascular and Interventional Radiological Society of Europe (CIRSE). Médico Assistente do Serviço de Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular do Hospital de Clínicas da UFPR. Preceptor da Residência Médica em Cirurgia Vascular e Endovascular do Hospital Angelina Caron.

Uma ideia sobre “Orientações com o uso de Anticoagulante Oral – Marevam (warfarina)

  1. No começo deste ano tive uma forte dor na perna direita, procurei um atendimento médico.Na ocasião foi constatado uma pequena formação de coágulo passei a fazer uso de um anticoagulante, Não sabia desta informação sobre o consumo de certos alimentos,agora estou a par da situação !!!! obrigado valeu!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *